Postagens

Onde está a honestidade

Gravada originalmente em 1933, "A música de Noel Rosa e Kid Pepe: Onde está a honestidade é uma das criações mais representativas do período em que Noel firma seu nome (aos 23 anos) entre os mais conhecidos da época. Embora fazendo sucesso quando de seu lançamento, a composição ficou relativamente esquecida até que Beth Carvalho fizesse esse registro, dentro de um novo estilo de samba que se impôs na década de 1970, conhecido com sambão, no qual a tônica é dada aos instrumentos de percussão". História da Música Popular Brasileira

Vamos ouvir? Aqui na voz da Beth Carvalho: 
https://youtu.be/TM4ZrALJozM
......................................

Noel de Medeiros Rosa(RJ, 11 de dezembro de 1910 - 4 de maio de 1937) foi um sambista, cantor, compositor, bandolinista, violonista brasileiro e um dos maiores e mais importantes artistas da música no Brasil. Teve contribuição fundamental na legitimação do samba de morro e no "asfalto", ou seja, entre a classe média e o rádio, princ…

Homenagem a João Bosco - 10 Anos do Trio Mano a Mano

Imagem
MANO A MANO TRIO COMEMORA 10 ANOS LANÇANDO DVD EM HOMENAGEM A JOÃO BOSCO E FAZ SHOW COM O MÚSICO, EM CURITIBA.



O Mano a Mano Trio registrou em DVD, o primeiro da carreira
do grupo, um repertório dedicado ao compositor e cantor João
Bosco. A gravação foi este ano, em Curitiba, e contou com a
presença do ilustre homenageado. João Bosco participou da gravação
de dois clipes: Sinhá (Chico Buarque e João Bosco) e
Incompatibilidade de Gênios (Aldir Blanc e João Bosco), que gravou
ao lado de outro ícone, Raul de Souza. O trombonista e saxofonista
também tocou em um pot-pourri de Babalu de Dakar e Beirando a
Rumba, ambas de Bosco.

O DVD tem direção e produção de Marcio Juliano, direção
audiovisual de João Marcelo Gomes e direção musical do próprio Trio.

Os shows de lançamento irão acontecer, em Curitiba, em
dezembro. Uma das apresentações contará com a presença de
João Bosco, dia 08/12 (domingo), às 19h, no Centro de
Eventos Sistema FIEP (Sesi) e será patrocinado pelo SESIPR.

Dias 13, 14 (sex…

Livro Fotos e Rumos: Egito, México, Peru, Irlanda e muitas outras histórias e fotos de viagem

Imagem
Livro Fotos e Rumos
Egito, México, Peru, Irlanda e muitas outras histórias
 e fotos de viagem
151 páginas | Tamanho 20x20cm | 70 fotografias

Disponível para compra no Clube de Autores

Roma - Um passeio de um dia... a pé

Imagem
Roma - Até parece que todos os caminhos nos levam até lá!

Itália, terra de muitos ancestrais de brasileiros, encanta por sua cultura, gastronomia, alegria e o legado histórico. Aos que não podem permanecer mais de um dia na cidade compartilho algumas dicas para dar um "rolé" básico, a pé e de graça (de apenas uma manhã e uma tarde) para conhecer alguns pontos bem interessantes do centro histórico.
Antes de dar a largada coloque um tênis confortável, leve um boné ou chapéu e talvez uma capa de chuva como prevenção. Mapa na mão ou no celular (Dica: baixe o aplicativo maps.me -  com ele você não precisa estar on-line para acessar e marcar os pontos que quer visitar | Tem o link dele na página www.FotoseRumos.com) e... pernas pra que te quero.


Ponto de Partida
O Coliseu de Roma - Um dos principais pontos turísticos da Itália e do mundo. Palco dos gladiadores, este é um passeio obrigatório a todos os turistas que visitam a cidade, não somente por sua grandeza, mas por sua história…

Espetáculo "Estrangeiras" discute identidade e pertencimento

Imagem
A peça da Crisálida Companhia de Arte conta com direção de Rafael Camargo e estreia dia 25 de abril, no Espaço Obragem, em Curitiba.

O que nos define? O que nos classifica, de fato? E, isto é realmente necessário? Quatro atrizes em cena, quatro mulheres em busca de um corpo, de um lugar e de um sentido. Como explicar o não pertencimento, o não estar presente, a não identificação com o lugar e a realidade? “Estrangeiras – Sobre Lugares que Nem Sabemos que Existem” nasceu do desejo comum de um coletivo de artistas de discutir o tema identidade. E por se tratar de um assunto de natureza intangível, a peça obviamente não traz respostas, mas reflexões. Tentativas de contextualizar as manifestações da existência. A estreia será dia 25 de abril, às 20h, no Espaço Obragem. A temporada segue até dia 26 de maio, de quinta a sábado, às 20h, e aos domingos, às 19h.   O sociólogo polonês Zygmunt Bauman que discute as noções de identidade no “líquido mundo moderno” no livro/entrevista Identidade de B…

“Paixão de Cristo”, do Grupo Lanteri

Imagem
A Paixão de Cristo será apresentada dia 19 de abril, em Araucária, pelo Grupo Lanteri.

Mais de 20 mil pessoas de Curitiba e Região Metropolitana devem comparecer ao Parque Cachoeira, na Sexta-Feira Santa, para ver a encenação.

Os ensaios e preparativos para a tão esperada apresentação do espetáculo “Paixão de Cristo”, do Grupo Lanteri, de Curitiba, já começaram. Esta será a 42ª montagem da peça. 
Os encontros acontecem todos os finais de semana até a data da encenação, que este ano será no dia 19 de abril. Assim como no ano passado, a apresentação será no Parque Cachoeira, em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

Qualquer pessoa interessada pode participar, ainda dá tempo, não precisa ter experiência com teatro e não há idade limite, basta comparecer aos ensaios realizados no Colégio CEEP, localizado no Boqueirão, (Rua Frederico Maurer, 3015), aos sábados, às 19h, e aos domingos, às 14h30. Para mais informações é só acessar: www.grupolanteri.com.br ou facebook.com/GrupoLan…

Teatro - Múltiplos corpos e o habitat de cada um

Imagem
HABITAT – ESTUDOS DO CORPO COMO CASA A Súbita Companhia de Teatro, que este ano comemora 12 anos, estreia em fevereiro (13) novo trabalho formado por cinco solos.          Como se cria um trabalho cênico apenas a partir de uma ideia, sem ter o texto ou a dramaturgia como base? Janaina Matter, Pablito Kucarz, Helena de Jorge Portela, Conde Baltazar e Victor Hugo, atores e atrizes da Súbita Companhia de Teatro, de Curitiba, partiram praticamente do zero para dar corpo ao projeto Habitat.

A estreia será dia 13 de fevereiro (quarta), no Teatro José Maria Santos. A temporada seguirá até dia 24, sempre de quarta a domingo, com dois solos por dia, às 19h e às 21h. 
Foram três meses de processo colaborativo cuja proposta era investigar o próprio corpo como casa, como lugar de atravessamento de questões poéticas, políticas e estéticas, como lugar que se habita e cuja existência se revela em suas múltiplas dimensões. O que cada corpo carrega? Quais memórias, identidades e subjetividades habitam nos…