quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Indignação com políticos está saindo apenas dos bate-papos entre amigos

É lamentável ver isso...

Há pessoas e pequenos grupos da sociedade tão indignadas que, diante da insaciável sede de dinheiro e poder com os políticos corruptos deste país, estão espalhando essa mensagem

-> "A solução para obter mais recursos para a saúde não é a criação de uma nova CPF, mas sim cortar gastos do governo, começando com os políticos que votarem na nova CPF cortando também suas cabeças e esquartejando seus corpos como fizeram com Tiradentes".

Bem, realmente, é triste tal mensagem, porque violência não é a solução, mas serve para demonstrar - num estudo antropológico, que a indignação está saindo apenas dos bate-papos entre amigos.

Sugiro, ao invés de cortar a cabeça do político corrupto literalmente, cortar a sua cabeça nos votos. Anotar o nome dele e o nome do partido dele - para não esquecer, e não votar nele ou no político do partido dele nas eleições do ano que vem.

Bem, isso é o que eu vou fazer!

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Liberdade de Expressão... no Brasil? Tá difícil!

Jornalista é agredida e desmaia em delegacia
De acordo com Portal O Norte, de Araguaína – Tocantins, a empresária e jornalista Silene Borges, proprietária da TV Líder (Rede TV), foi agredida por seguranças do governador Siqueira Campos. O fato ocorreu durante lançamento dos programas Reluz e Nossa Oportunidade, quando a profissional recebeu uma cotovelada em local que havia passado por cirurgia cardíaca.

Em depoimento na delegacia de Araguaína, Silene explicou que tinha entrevista exclusiva agendada por meio da Secretaria de Comunicação. Após a agressão, a jornalista teve um princípio de infarto, sendo conduzida ao Hospital Regional da cidade.

O representante do Sindicato dos Jornalista Profissionais de Tocantins, Alberto Rocha, declarou não compactuar com atitudes como esta vindas do poder público, acrescentou ainda que “não aceitará iniciativas repressivas ao trabalho da imprensa como na época da ditadura”.

Fonte: Portal O Norte