Pular para o conteúdo principal

História de Viagem - Buenos Aires: uma cidade sedutora


Buenos Aires. Fotos/Acervo: Levis Litz
 Nascida sobre o Rio da Prata, Buenos Aires cresceu com uma identidade própria. Porta de entrada para um fascinante país a ser descoberto, orgulha-se do life-style dos seus habitantes. Surgiu pela primeira vez em 1536 e foi abandonada devido aos violentos ataques dos índios. Fundada em 1580 por Juan de Garay, transformou-se futuramente numa gigantesca metrópole com a chegada de imigrantes de todas as partes da Europa: ingleses, austríacos, alemães, poloneses, escandinavos, suíços, eslavos, franceses, italianos e espanhóis.

A caminho do sul

Dizem que na Argentina todos os caminhos levam a Buenos Aires e após três dias de viagem de motocicleta, partindo de Curitiba, Valesca e eu, chegamos na capital portenha. Pouco antes tínhamos atravessado uma enorme ponte vendo o sol se pôr no horizonte. Era uma sexta-feira, tentávamos nos concentrar nas placas que indicavam o centro da cidade e quando percebemos, estávamos na Avenida 9 de Julho, totalmente envolvidos pelo trânsito conturbado de Buenos Aires, dando volta num enorme obelisco. Cansados, procurávamos por um hotel próximo ao café mais tradicional de Buenos Aires - o Café Tortoni.

Hábito portenho

A cerca de nove quarteirões do Congresso argentino, situado na Avenida de Mayo, encontrei o ponto que nos serviu de referência, o Café Tortoni: um café frequentado diariamente por centenas de pessoas que degustam o delicioso leche merengado com creme, claras batidas em neve e canela, ou que preferem tomar um café expresso, ou ainda que vão para admirar os espetáculos diários de jazz ou de outro fascinante ritmo particular, que teve uma origem incerta no início do século - o tango.

Assim, Buenos Aires, abriu-se para nós: uma cidade agitada, bonita e com uma arquitetura impressionante, com uma infinidade de coisas para ver e fazer - se você tiver tempo e dinheiro.

A experiência de viajar constantemente, ensinou-nos que para conhecer uma cidade, seja Roma, Cairo, Jerusalém, Berlim ou Amsterdã, o melhor a fazer é deixar o veículo, carro ou motocicleta de lado, ou melhor, estacionado e seguir a pé. No coração da cidade, caminhamos pela Avenida de Mayo até encontrarmos a Calle Florida, que é a principal rua de comércio, onde existe a maior concentração de pessoas e de lojas. É fácil se deslocar de um lado ao outro da cidade, seja pela altíssima concentração de táxis (pretos e amarelos) que circulam e que se esbarram em cada esquina, seja pelo uso do metrô ou subte como os habitantes locais o chamam.

Valesca e eu passamos vários dias em Buenos Aires e aproveitamos bastante nossa permanência. Todos os dias saíamos para conhecer um pouquinho mais a cidade. Enquanto isso, aguardávamos a chegada do meu primo do Brasil: Ricardo Faria e sua namorada. Fomos juntos para La Boca, um bairro pitoresco portenho de origem marinheira, marcado pela presença de imigrantes italianos e suas típicas construções mescladas com chapas de zinco que podem ser admiradas na Calle Caminito, onde as casas coloridas, as construções irregulares e as roupas nos varais constituem um belo cenário. La Boca também é conhecida por seus bares e pela localização do estádio de futebol do Club Atletico Boca Juniors.

Amarga lembrança

Ao visitarmos a Plaza de Mayo, importante cenário da história dos argentinos, não deixamos de observar as marcas no chão de contornos dos corpos dos filhos desaparecidos durante a ditadura militar naquele país e de desenhos de lenços que eram usados pelas mães e as avós que se reuniam para pedir informações sobre seus amados filhos e parentes. Em 1983, os militares declararam mortos todos os desaparecidos. Mesmo após ter visto muito, em Buenos Aires há sempre muito mais por descobrir. A cada história, monumento, teatro, feira e peculiaridade conhecida surgiam muitas outras por conhecer. Entretanto, Buenos Aires é uma metrópole, semelhante a qualquer outra grande cidade da América do Sul com seu barulho constante, sujeira e stress. Foi um prazer estar em Buenos Aires, mas foi uma alegria maior deixar a Rainha do Prata para pegar a estrada de novo e reencontrar os belos campos verdes que acompanham as boas estradas argentinas.

-----------------------------------------------------------------------------------
Nota: este texto reflete fielmente os fatos quando publicado, entretanto, alguns de seus dados podem ter sido alterado com o tempo. Certifique-se de obter informações atualizadas por outras fontes antes de tomar este texto como referência.
-----------------------------------------------------------------------------------
Comente este texto aqui ou em: fotoserumos@gmail.com ou levislitz@hotmail.com
-----------------------------------------------------------------------------------
Quer ler mais Histórias de Viagem? Visite: Fotos e Rumos (http://www.fotoserumos.com/)

Comentários

  1. Comentário recebido pelo FaceBook de Lorena Maggio: "está muito legal!!!"

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Canon lança no Brasil lente EF 24-105mm f/3.5-5.6 IS STM

Equipamento possui design compacto, sem perda do desempenho ótico de alta qualidade Depois de atingir a marca de mais de 110 milhões de lentes EF* produzidas em todo o mundo, a Canon, líder em soluções em imagem digital, anuncia mais uma novidade no Brasil: a lente EF 24-105mm f/3.5-5.6 IS STM (lente zoom padrão). O equipamento atenderá a todos os tipos de fotógrafos, desde amadores, profissionais cinematográficos e até criadores de conteúdo para internet. 
EF 24-105mm f/3.5-5.6 IS STM oferece foco suave e silencioso em uma lente completamente versátil. Ela é a primeira lente zoom EF para câmeras com sensor full frame a incluir um motor de foco automático STM (stepping motor), que fornece AF praticamente silencioso durante a gravação de vídeos. A 24-105mm é uma das opções mais versáteis em termos de distância focal, pois pode ser usada como uma lente grande-angular para fotografar paisagens fora da cidade, bem como um retrato ao tentar se aproximar dos assuntos com o zoom da lente.
Alé…

Bob Wolfenson, um dos maiores nomes da fotografia de moda, expõe em Curitiba

A mostra, 1ª de sua carreira em uma galeria, será de 24 de junho a 27 de julho. 

Bob Wolfenson, um dos maiores fotógrafos contemporâneos de moda no Brasil, abrirá nesta sexta-feira (24 de junho), em Curitiba, a exposição Fashion Stories, composta de 16 imagens capturadas em vários momentos de sua carreira, incluindo fotos das top models Gisele Bündchen e Naomi Campbell. Será na Galeria Portfolio, localizada na Rua Alberto Folloni, 634, Centro Cívico, e terá início às 19h. 
Trata-se de um acontecimento histórico, pois esta será a primeira vez em que Bob Wolfenson expõe em uma galeria. “É uma honra poder trazer, de maneira inédita, um pequeno recorte do belíssimo trabalho de fotografia de moda de Bob Wolfenson”, afirma Nilo Biazzetto Neto, curador da galeria.
As imagens serão exibidas no formato de 40x60, em molduras de 80x80cm. Elas estarão à venda ao valor de R$ 5.000,00, e cada obra terá a edição limitada de 10 impressões para esse formato. Também serão vendidos 150 pôsteres assinado…

Lendário grão-mestre de artes marciais virá ao Brasil

Lendário grão-mestre de artes marciais virá ao Brasil pela primeira vez para o lançamento mundial de seu estilo de Tai Chi Chuan

O grão-mestre Wang Hai Jun virá da China exclusivamente a Curitiba para apresentar uma nova forma de tai chi chuan ao lado do mestre irlandês Niall O'Floinn. Evento ímpar acontece em Curitiba entre os dias 2 a 7 de dezembro.
Descendente da linhagem da família que criou o tai chi chuan, o renomado e campeão de artes marciais na China, o grão-mestre Wang Hai Jun deu origem auma nova sequência dessa tradicional e popular arte marcial. Assim o fez para tornar mais acessível aos ocidentais o mais antigo estilo de tai chi chuan.  De fácil aprendizado, é uma excelente atividade de expressão corporal que proporciona uma melhor qualidade de vida. Cada movimento, além de terapêutico, apresenta uma aplicação de defesa pessoal.  Tanto iniciantes como praticantes experientes podem aprender juntos e aproveitar essa bela sequência do tai chi chuan. Este evento será histór…