segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

História de Viagem - Gramado: a beleza e a cultura da Serra Gaúcha

Gramado, RS. Foto: Valesca Giordano Litz
Gramado, a 148 quilômetros de Porto alegre (RS), encanta por sua hospitalidade, beleza e incontáveis atrativos turísticos. Situada a 855 metros de altitude, em plena serra gaúcha, os recantos e paisagens são de tirar o fôlego.


Quem viaja à Gramado, acaba conhecendo outras cidades como Canela, Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Garibaldi. Considerada a melhor região vinícola do país, é inevitável uma visita às várias vinícolas existentes, onde pode-se comprar muito vinho a um preço acessível e ainda conhecer todo o processo de produção. As igrejas da região são belíssimas, cada uma com sua história e decoração impressionantes. Para quem gosta de estar em contato com a natureza o lugar é perfeito, com vários parques e bosques muito bem cuidados e com excelente infra-estrutura.

Foto: Levis Litz
Gramado, ao natural

A cidade de Gramado parece que nasceu para brilhar. A prefeitura da cidade, nos anos 70, criou uma lei determinado que todas as novas construções tivessem o estilo arquitetônico da Baviera.

Entre seus predicados, além de excelente rede de hotéis, restaurantes, comércio variado e casas de café colonial encontramos: o Lago Negro, de água escura cercada com azaléias, hortênsias e árvores trazidas da Floresta Negra, na Alemanha; o Parque Knorr, uma área de 70 mil metros quadrados arborizada e com belos jardins; a Cascata Véu de Noiva com 21 metros de altura; Belvedere Valde do Quilombo, na rodovia que liga Canela a Gramado.

Sua igreja, no centro da cidade, demorou oito anos para ser erguida. Foi construída com 78 mil pedras basalto. Sua torre mede 43 metros e em seu interior há vitrais que reproduzem parte da vida do apóstolo Pedro. Como se não bastasse a belíssima paisagem da região e arquitetura típica, Gramado possui um calendário turístico que dura o ano todo com inúmeras e diversificadas atrações. São feiras de chocolates, eventos esportivos, feiras de animais, festas folclóricas, mostras de móveis, feiras de livros, festival de publicidade, shows, feiras de antigüidades e artes e o festival de cinema que atrai cineastas e cinéfilos de todos os cantos.

Com uma programação intensa para o ano inteiro, Gramado é uma cidade em festa permanente e que conquista, a todo momento, seu visitante. É famosa também por seu artesanato em couro e tapeçarias de lã, além de muitas fábricas de móveis rústicos.

Está servido?

Envolvidos como num clima de conto-de-fadas, Valesca e eu resolvemos visitar uma das aconchegantes casas para um café colonial. Ouvimos muitas histórias desses cafés. Dizem que ele é deliciosamente farto. Teve origem na época da colonização do sul, quando as mulheres preparavam um café da tarde reforçado para os maridos que retornavam do trabalho na roça.
Foto: Levis Litz

Correndo o risco de agregar uns quilinhos a mais, tomamos o nosso "café colonial" numa bela torre, lá pelas quatro da tarde, depois de termos visitados os principais pontos da região. A garçonete nos trouxe uma infinidade de delícias para beber e comer: chocolate caseiro, chá e vinho da serra, acompanhados com mais de 50 quitutes salgados e doces. Impressionado pela variedade e quantidade, pensei: "não vou conseguir provar nem a metade". Foi quando a garçonete disse, "podem se servir à vontade e repetir quantas vezes desejarem". Seria impossível repetir, só essa ideia me deixou meio enjoado - muita comida para pouco estômago. E a garçonete complementou: "após o café, ainda há o bufet de tortas no outro lado do restaurante!". Definitivamente, o que não falta em Gramado é o que fazer e o que comer.
 
-----------------------------------------------------------------------------------
Nota : Este texto reflete fielmente os fatos quando publicado, entretanto, alguns de seus dados podem ter sido alterado com o tempo. Certifique-se de obter informações atualizadas por outras fontes antes de tomar este texto como referência.
-----------------------------------------------------------------------------------
Comente este texto aqui ou em: fotoserumos@gmail.com ou levislitz@hotmail.com
-----------------------------------------------------------------------------------
Quer ler mais Histórias de Viagem? Visite: Fotos e Rumos (http://www.fotoserumos.com/)

Nenhum comentário:

Postar um comentário