quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Fotografia - Os Sete Pecados Capitais

Alunas do curso de Fotografia para Adolescentes compartilham suas imagens em exposição fotográfica em Curitiba, a partir desse sábado (29), na Galeria Portfolio. 


Os Sete Pecados Capitais são o assunto da mais nova exposição fotográfica da Galeria Portfolio, Curitiba. Desenvolvida durante os cursos de Fotografia para Adolescentes e de Fotografia para a Maturidade, no 1º semestre de 2015, ela será aberta neste sábado, dia 29 de agosto. 

Mas a inauguração ocorrerá de maneira diferente. Isto porque, das 11h às 14h, todos interessados, alunos ou não da Portfolio, estão convidados a participar das colagens que serão feitas nos muros da Galeria, anexa à escola, localizada na Rua Alberto Folloni, 634, Centro Cívico. Este processo chamado de “lambe-lambe” promete ser uma das grandes diversões do evento. Como se fosse uma intervenção urbana, mas chega a ser uma brincadeira. 

Além da temática e o processo de colagem em si, chama a atenção o fato de esta ser uma exposição coletiva, com a participação de dois públicos distintos: alunos dos cursos de Fotografia para Adolescentes e de Fotografia para a Maturidade. Ou seja, uma mesma mostra que reúne gerações, com seus olhares e referências. 


A nova edição dos cursos, tanto Maturidade quanto Adolescentes, terá início assim que a exposição chegar ao fim, dia 29 de setembro. As aulas serão nas terças e quintas-feiras, das 14h às 17h, com algumas atividades externas envolvendo as duas turmas.

Serviço: 
Exposição Pecados
Abertura – Sábado, dia 29, das 11h às 14h. Encerramento – Dia 29 de setembro.
Galeria Portfolio – Rua Alberto Folloni, 634, Centro Cívico.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

O que se espera do mundo infantil? Ensaio fotográfico; muito legal!

Revelando Sentidos®


Maya Brasiliano (re) descobre sensações inesperadas no universo infantil 
através de ensaio fotográfico

Esta poderia ser uma história comum de uma publicitária que virou fotógrafa e ponto. Mas não é. Maya Brasiliano tem uma relação com as imagens captadas por sua lente: cada clique conta uma história.

Seu olhar intimista sempre esteve presente. Aos 13 anos saía por aí com sua Pentax 35mm registrando o que lhe tocava. Formada em publicidade, trabalhou em agências de primeira linha e um - belo - dia percebeu que esse caminho não fazia mais sentido na sua vida. Sua paixão pela sensibilidade e espontaneidade da infância a levou para a faculdade de Pedagogia e trabalhos em escolas de primeiro grau.

Foi então que começou a registrar o dia a dia em sala de aula e a fotografar os filhos das amigas. Quando engravidou, seu filho passou a ser seu modelo favorito. Autodidata, seguiu registrando os momentos em família em diversos experimentos.

Quando começou a receber pedidos para fotografar em festas e ensaios infantis, percebeu a extensão dos, até então, experimentos. Quem se interessava logo indicava seu diferencial para registrar momentos com emoção traduzida em suas fotos: memórias em que quase se pode ouvir as risadas, a música, a diversão.

Foi mergulhada nesse universo que Maya criou o projeto Revelando Sentidos, uma experiência captadora de instantes que permite às crianças momentos de autoconhecimento com as coisas simples – e boas – da vida. Tirando os pequenos da realidade tecnológica imediata em que vivemos, a fotógrafa os leva para um
universo lúdico em estações que envolvem os cinco sentidos: perfumes, cheiro de água da piscina, o gosto da fruta inusitada, lambida no sorvete, mãozinhas cheias de barro, a água gelada... Tudo feito com ar de surpresa a fim de que os pequenos (re) descubram nuances de seus próprios sentidos. 

O Ensaio acontece em etapas: tato, paladar, olfato, audição e, ao final do circuito, o último sentido, a Visão: a criança recebe uma câmera em que ela mesma poderá “ensaiar” e concretizar sua “visão de mundo”.

“Não é a foto pela estética. É a foto pela emoção que ela passa, pela experiência ali embutida, pelo o que não dá para se ver à primeira vista”, diz.

O Revelando Sentidos vai desde à mãe que deseja fazer um ensaio sensorial com o filho, até como atração em festas infantis, espaços de brincadeiras, livrarias, docerias e tudo o que tenha a ver com esse universo lúdico educacional. 

Ah, detalhe, as fotos são enviadas por correio, estimulando as crianças a (re) descobrirem uma forma de comunicação que não estão acostumadas. 

Para conquistar a naturalidade de suas fotos, Maya abusa das lentes zoom. “Não existe segredo na fotografia. Exceto a intimidade”. A frase do fotógrafo William Allardresume o modo como busca nortear seu trabalho. “Não existe beleza maior do que a daquele segundo (ou milésimo de segundo) em que estamos totalmente envolvidos, com a alma desnuda, radiante, natural”, completa. 

------------------------------------------------------

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

A Nuvem do Tesouro - Espetáculo infantil

Que tal ir ao teatro? 

Que tal levar uma criança ao teatro? 

Vamos cultivar esse hábito! É bom! 

-------------------------------------------------------

A Nuvem do Tesouro estreia no Teatro Guaíra 


O espetáculo tem como proposta o despertar da imaginação infantil através de objetos e da personagem Juliana, uma menina que sonhava em ser bailarina. 

Com texto de Carlos Souza e direção de Liz Santos, a peça acontece nos dias 29 e 30 de agosto, às 16 horas, no Miniauditório. 

Para trabalhar com o tema a Cia Inenarrável faz uso de alguns objetos simbólicos, que podem ser transformados, como nas brincadeiras antigas, e com isso mostra ao público que através da imaginação tudo é possível e permitido. No elenco estão Claudia Beeck, Douglas Borba, Fabiano Timmermann e Lubieska Berg. 

Juliana, a personagem é uma menina cujo desejo é ser bailarina, mas ela está com seu tornozelo machucado e não pode dançar. Em certa noite sonha que é levada, acompanhado de um lobo e um anjo, para uma viagem em busca do precioso tesouro, os desejos mais secretos.

Serviço:
A Nuvem do Tesouro
Dias 29 e 30 de agosto às 16 horas
Auditório Glauco Flores de Sá Brito
Classificação: Livre
Ingresso: R$ 20,00

Fonte: http://www.teatroguaira.pr.gov.br/2015/07/1587/Espetaculo-infantil-A-Nuvem-do-Tesouro-estreia-no-Teatro-Guaira-.html 

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Desvendando a fotografia: iniciação, prática e poética

Um curso emerge em Curitiba

"Aberto a todos que desejam viajar no mundo das imagens fotográficas", compartilha Joseane Daher, uma amiga a quem estimo muito e, se ela está envolvida, deve ser muito bom mesmo.

Inscrições
Até 12 de setembro

Período
De 17 de setembro a 29 de outubro, às terças e quintas-feiras, das 14h às 16h

Carga horária
30 horas


Mais detalhes em
http://www.up.edu.br/extensao/desvendando-a-fotografia-iniciacao-pratica-e-poetica

Fotografia: técnicas, conceitos, arte, reflexões, projetos fotográficos

O curso visa a formar novos profissionais para competirem e entrarem no mercado de trabalho por meio da prática de técnicas fotográficas. Tem como principal objetivo abordar seus diversos campos de aplicação, oferecendo ferramentas técnico-metodológicas para a compreensão, utilização e discussão das imagens na formação profissional, a fim de desenvolver a crítica, a análise e a leitura das imagens, assim como o olhar estético na fotografia para transpor uma ideia para uma imagem, a linguagem fotográfica na criação.

TEMAS ABORDADOS

  • Módulo: fotografia e história – um diálogo
  • Módulo: desvendando a câmera fotográfica digital 
  • Módulo: linguagem fotográfica – fotografia digital X fotografia analógica
  • Módulo: conhecendo as lentes
  • Módulo: técnicas de enquadramento
  • Módulo: técnicas de composição
  • Módulo: profundidade de campo e suas aplicações 
  • Módulo: fazendo a leitura, controle da luz e exposição
  • Módulo: flash dedicado – noções básicas de utilização
  • Módulo: fotografando pessoas
  • Módulo: fotografia urbana
  • Módulo: introdução – download, edição e tratamento de imagens no Adobe Lightroom
  • Módulo: fotografia, o celular e aplicativos
  • Módulo: prática no câmpus da Universidade Positivo
  • Módulo: palestra inaugural
Joseane Zanchi Daher
Possui Graduação em Técnico de Nível Superior em Processamento de Dados pela Universidade Federal do Paraná (1981). Mestre em Antropologia Social pela UFPR (2007), sob coorientação em Antropologia Visual na USP - LISA. Admitida na Tish School of theArts da New York University, em 1988, para cursar Fotografia. Já realizou trabalhos fotográficos e antropológicos para o Museu Americano de História Natural de NY – AMNH; Organização das Nações Unidas – ONU/NYAssociated Press – AP/NY; Instituto do Patrimonio Histórico e ArtísiticoNacional – IPHAN, entre outras instituições e organizações nacionais e internacionais. Ministrou cursos de Fotografia Publicitária na Organização Paranaense de Ensino Técnico Ltda – OPET, além de cursos de Extensão universitária na Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC e Universidade Positivo. Foi docente em Antropologia na UFPR e ministrou Fotografia para o departamento de Design da Universidade Positivo, em 2009. Coordenou, de 2009 a 2011, o curso de Pós-Graduação em "Fotografia e Imagem em Movimento', em conjunto com o Instituto IDD de Extensão de Pós-Graduação, e desde 2011, coordena o mesmo curso na Universidade Positivo. Ministrou cursos de Fotografia e Fotojornalismo para a Secretaria Estadual de Educação do Paraná nos projetos "FERA" e "COM CIÊNCIA". Tem ministrado cursos de Fotografia para Docentes, na Secretaria Municipal de Educação, projeto Educultura, além de outros espaços como Sindicato dos Engenheiros do Paraná e Escola de Governo do PR.