Tai Chi – A atividade para ficar de bem com a vida

O estresse bate em sua porta? Não consegue se concentrar direito? A ansiedade está pegando? Os dias de hoje te deixam com os nervos a flor da pele? 
Então... quem sabe… praticar uma atividade corporal suave como o Tai Chi pode ser uma boa alternativa.

Assim que o dia nasce no Oriente, aproximadamente 300 milhões de pessoas começam a praticar Tai Chi ao redor do planeta. E assim é, em cada país onde passa o fuso horário. Curitiba não poderia ficar de fora e em muitos bairros da cidade - Água Verde, Bacacheri, Hugo Lange, Batel, Alto da XV, Centro Cívico, Bigorrilho, Mercês, Centro, Santo Inácio, Bom Retiro, entre outros - pessoas reservam algum momento do dia para praticar Tai Chi. Em grupos ou mesmo sozinhas frequentam praças, parques, escolas, grupos, empresas, clínicas, hospitais e outros espaços. 



Tai Chi – O que é
É um sofisticado e eficaz sistema da cultura chinesa que combina exercícios milenares corporais conhecidos como “chi kung” e “tao yin” que envolvem a respiração, concentração e os preceitos da Medicina Tradicional Chinesa. Seus movimentos são suaves e cíclicos, além de terapêuticos também podem ser aplicados como defesa corporal. Há muitas formas de Tai Chi, com as mãos livres ou com espada, leque, entre outros. Há muitos estilos, o mais antigo é o Estilo da Família Chen e entre os mais populares também há os estilos Yang, Cheng Man Ching e Pai Lin.

Quem pode fazer?
Pessoas de qualquer idade, jovens ou adultos, que procuram melhorar a concentração, controlar a ansiedade, combater o estresse, acalmar a mente, aquietar o coração, aumentar a confiança em sim mesmo, ter um melhor equilíbrio corporal, desenvolver a disciplina, ampliar seus limites, aprimorar a coordenação motora, e, com alegria, ficar de bem com a vida.

Para a Ciência
Resultados corroborados por profissionais da saúde são frequentemente publicados em artigos de revistas especializadas em todo o mundo. Na revista Tai Chi Brasil há vários artigos traduzidos para o idioma português (acesso gratuito em www.RevistaTaiChiBrasil.com.br) de algumas dessas pesquisas: “Psicomotricidade e Tai Chi Chuan: uma relação íntima”, “Os efeitos da prática do Tai Chi em pacientes com diabetes”, “Efeitos do Tai Chi nos Sintomas de Fibromialgia e na Qualidade de Vida” e “Tai Chi Chuan: a psicologia e a socialização”.

O Dr. Carlos Assis, médico, homeopata e acupunturista, indica a prática do Tai Chi aos seus pacientes como um bom recurso complementar para aliviar as tensões do cotidiano. “Os movimentos são feitos com a respiração profunda e tranquila e isso melhora a capacidade cardiorrespiratória, reforça o sistema endócrino e imunológico, aumenta a flexibilidade e o alongamento de tendões e músculos”, diz. Ao perceber os benefícios do Tai Chi, o próprio Dr. Assis tornou-se um adepto dessa arte há mais de uma década e atualmente é aluno do Professor Levis Litz - Pós-graduado em Tai Chi Chuan pela Escola Brasileira de Medicina Chinesa.

Tai Chi para a comunidade – Onde praticar
Em agosto do ano passado, por iniciativa do prof. Levis Litz e seus alunos – dos quais muitos são professores também – e, com o apoio de vários setores da sociedade inclusive da Prefeitura Municipal de Curitiba, um espaço público foi revitalizado (Jardinete Luiz Ribeiro) para a prática gratuita e semanal do Tai Chi. Este espaço ficou conhecido como a Praça do Tai Chi. As práticas acontecem aos sábados, das 09h30 às 10h15. Todos podem fazer. Basta chegar e participar. É livre! É grátis! O espaço fica na Av. Água Verde esquina com a  Rua Guilherme Pugsley (Via Rápida sentido Portão/Centro, próx. ao Cemitério do Água Verde). Mais informações: www.Facebook.com/PracadoTaiChi ou com prof. Levis Litz, Tel/WhatsApp: (41) 8409-6858.

Da China para Curitiba

A Cidade de Curitiba, em dezembro deste ano, terá o privilégio em receber, pela primeira vez no Brasil, o grão-mestre Wang Hai Jun. Da linhagem da Família Chen, ele é um ícone mundial do Tai Chi Chuan. Sua presença será um marco para a cidade e uma oportunidade rara de se poder conhecer pessoalmente alguém de tão elevado nível da primorosa arte que é o Tai Chi Chuan. Para saber mais sobre sua vinda contactar a professora Elenice Benvenutti, e-mail: ebenvenutti.taichi@gmail.com - Tel/WhatsApp (41) 9724-4984.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Canon lança no Brasil lente EF 24-105mm f/3.5-5.6 IS STM

Bob Wolfenson, um dos maiores nomes da fotografia de moda, expõe em Curitiba

Lendário grão-mestre de artes marciais virá ao Brasil