O livro como brinquedo: narração de histórias e rodas de leitura

Foto/Divlugação: Lucas_Rachinski
Projeto promove narração de histórias e rodas de leitura nas escolas públicas de Curitiba visando aproximação lúdica com o livro.

Quem não gosta de ouvir uma boa história? 
Normalmente é um momento bem prazeroso, independentemente da idade que se tenha. E se for uma contação bem tradicional, simples, como as antigas avós faziam, com os pequenos sentados ao redor da cadeira de balanço sendo embalados apenas pela magia das palavras e pela doçura da voz, melhor ainda. Momentos inesquecíveis ou imaginados como esses serão oferecidos aos alunos do ensino fundamental das escolas públicas da rede municipal de Curitiba. 

Michelle Peixoto e Vinícius Mazzon estão à frente como empreendedores e mediadores do Projeto Livros Errantes, Histórias Brincantes: Narrativas e Leituras Pela Cidade Afora que irá oferecer, até novembro, cem (100) sessões de narração de histórias e cem (100) rodas de leitura gratuitas, atingindo cerca de 9 mil alunos. 

Eles vêm desenvolvendo projetos semelhantes a este em Curitiba e em outros municípios do Paraná há oito anos, beneficiando crianças e adultos através da narração de histórias tradicionais, rodas de leitura, espetáculos teatrais e oficinas de capacitação voltadas para professores. “Buscamos com este projeto proporcionar uma aproximação lúdica com o livro através da narrativa oral, experimentado a leitura literária como uma brincadeira”, define Vinícius. 

A proposta de Livros Errantes, Histórias Brincantes é tirar o status de formalidade e sobriedade muitas vezes atribuído genericamente à literatura e, especificamente, às bibliotecas. “O livro pode ser compreendido como um brinquedo; as histórias, como aventuras; as bibliotecas, como espaços lúdicos – tudo depende da abordagem”, complementa Mazzon. 

Agenda para os próximos dias:
- 13 de setembro: atividades pela manhã e tarde na E.M Profª Donatilla Caron dos Anjos, das 9h50 às 16h00.
- 17 de setembro: atividades pela manhã e tarde na E.M Vila Torres, das 9h50 às 14h45.
- 18 de setembro: atividades pela manhã e tarde na E.M Vila Torres, das 9h50 às 14h45.
- 09 de outubro: atividades pela manhã e tarde na E.M Francisco Derosso, das 9h40 às 15h.
- 10 de outubro: atividades pela manhã e tarde na E.M Francisco Derosso, das 9h40 às 15h.
- Dia 11 de outubro: atividades pela manhã e tarde na E.M Francisco Derosso, das 9h40 às 15h.

Endereços:
E.M. Vila Torres (Rua Chile, 836 - Rebouças / Telefone: 41 3333 0199)
E.M. Profª Donatilla Caron dos Anjos (R. Alvorada, 460 - Uberaba / Telefone: 41 3296 4147)
E.M. Francisco Derosso (R. Francisco Derosso, 901 - Xaxim / Telefone: 41 3275 1447 )

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Um bate-papo com o escritor Cezar Tridapalli

Jin Li - Saudação | Cumprimento entre praticantes de Tai Chi Chuan

Ciclismo e "causos" em Percursos Afetivos